Conecte-se

Cultura

Dom João Wilk explica a importância de eventos religiosos no Carnaval

Publicado

em

A Renovação Carismática de Anápolis realiza o Festival de Jesus como opção para o feriado prolongado de Carnaval. A programação começou no sábado (10.Fev) e segue até terça-feira (13.Fev), no centro Pastoral João Paulo II, na Vila São Joaquim, na Avenida Pedro Ludovico., na frente da Igreja São Joaquim. Sobre a importância de tirar um tempo para uma reflexão espiritual, o bispo diocesano de Anápolis, Dom João Wilk, conversou com a equipe do A1minuto.

Ele ressaltou em momentos de insegurança social, crises políticas e econômicas, Deus se faz presente.

A1minuto: Como que a igreja prepara as pessoas para esse período do feriado de carnaval?

Dom João Wilk: Com as diversas programações. São dias livres disponíveis à todos os cidadãos Quem quer pular carnaval e quem prefere se recolher junto com a sua família, viajar para chácara, fazenda, um clube, e quem prefere aprofundar a sua espiritualidade. Investir na sua formação pessoal na vida interior.

Graças a Deus muitas pessoas estão seguindo esse caminho e tanto os católicos como evangélicos oferecem momentos de tranquilidade e de paz. Como se diz, vamos pular o carnaval. Vamos pular por cima do Carnaval para entrar no espírito da quaresma que é um período de preparação para a Páscoa, de reflexão, de olhar para dentro de si.

Nas nossas paróquias a programação é diversificada. Um retiro para os jovens, retiro para os namorados, um retiro de um determinado movimento pastoral da Renovação Carismática Católica.

Aqui em Anápolis o ponto central é o Festival com Jesus, promovido pela Renovação Carismática Católica, no centro Pastoral João Paulo II, na Vila São Joaquim, na Avenida Pedro Ludovico., na frente da Igreja São Joaquim.

De sábado até terça-feira (13.Fev) haverá pregações, cantos, adoração, missas. Normalmente participam cerca de mil a 1500 pessoas. Nós convidamos não só católicos. Quem quiser também aproveitar para ouvir uma palavra de Deus, uma palavra de consolo, até de questionamento da própria vida, orientação para onde encaminhar o desejo de conversão, o desejo de ser mais próximo de Jesus.

É uma oportunidade e já é tradicional na cidade de Anápolis. A programação é gratuita, aberta para todos. Se alguém quiser dar uma oferta para contribuir com as despesas, Deus lhe pague, mas não tem uma taxa definida para a entrada.

A1minuto: Esse ano será trabalhado algum tema específico?

Dom João Wilk: Sim. O tema é: “Eis que estou a porta e bato”, com o lema tirado do livro de Apocalipse, capítulo 2, versículo 4: “Retornai ao primeiro amor”.

Nosso primeiro amor é Jesus Cristo. Quando somos contagiados pelo anúncio e depois nos propomos a viver. Somos humanos, somos fracos. Às vezes esse primeiro amor enfraquece-se, se perde na rotina, na vivência, na correria de cada dia. Então esse momento de espiritualidade serve para a gente reviver o primeiro amor com Jesus, essa amizade com Jesus.

A1minuto: Qual a importância desse tema e da igreja em resgatar esses valores no ser humano? Anápolis tem vivido momentos de inseguranças, falta de emprego, falta de amor, aumento do divórcio. Como que esse momento de reflexão ajuda o ser humano a seguir o seu caminho? Porque podem ter situações em que paralisam o seu caminho, como a igreja pode ajudar?

A1minuto: Você usou uma expressão interessante. A crise que nos paralisa. O nosso país está vivendo um momento de paralisação. Nós temos uma forte crise política, crise econômica e, sobretudo, a crise ética que é a fonte de todas essas crises.

Isso atinge toda a sociedade. Principalmente os mais frágeis: os desempregados, as famílias classe média, média baixa e assim por diante. Com isso, vem o sentido de insegurança e de instabilidade. Inclusive isso faz aumentar também a violência porque a carência gera revolta, e a revolta já é uma violência na qual somos vítimas e praticamos com os outros.

Então é um momento oportuno de anunciar Jesus que depois da sua ressurreição, depois que ele venceu a morte, quando morreu na cruz por nós, ele voltou vitorioso, e disse: “Não tenhas medo, sou eu”!

Nós não somos órfãos, não somos sozinhos. Temos Deus que está sempre conosco. Esses momentos espirituais nos ajudam a não esquecer esta verdade. Não podemos nos entregar a apatia. Sempre foi assim, política sempre foi assim, não tem remédio.

Então a fé em Jesus Cristo não nos pacifica no sentido de ficarmos paralisados, mas nos dá a paz na vitória, traz a convicção que a vitória é possível porque Deus deseja isso. Então não se entregar a esses sentimentos de pessimismos, de abatimento, reagir. O fundamento que nós colocamos em nossa vida é realmente o fundamento sólido que é Jesus Cristo e a sua palavra.

A fé é extremamente importante para a vida de cada dia, importante para a sociedade. Embora a sociedade quer banir Deus do seu convívio. Hoje mais do que nunca, tanto mais devemos lembrar e tocar as mentes e os corações das pessoas que tem valores que não passam.

Esses momentos servem para dar também este sustento, infundir a esperança. Quando no antigo testamento o povo andava triste porque caía na escravidão dos vizinhos, Deus suscitava profetas que tinham como missão exatamente manter e infundir a esperança de que Deus não esqueceu, de que Deus não se afastou, Deus sempre está do lado do povo e luta a favor do povo.

 

 

Anúncio
Clique para Comentar

Deixe seu comentário

Cultura

Campus Party Goiás 2020 já tem data definida

Publicado

em

Por

A Campus Party estará de volta à capital goiana entre os dias 19 e 23 de agosto do próximo ano. O anúncio foi feito na tarde desta terça-feira (26/11) após reunião do governador de Goiás, Ronaldo Caiado, com o presidente do Instituto Campus Party, Francesco Farruggia.

No encontro, realizado no Palácio das Esmeraldas, também foi anunciado que a edição 2020 da Campus Party Goiás será novamente realizada no estacionamento do Passeio das Águas Shopping,  local que recebeu o evento neste ano.

1ª edição

A primeira edição da Campus Party Goiás ostentou  grandes resultados de participação e engajamento: 7 mil campuseiros, sendo 2,5 mil acampados, e mais de 60 mil pessoas presentes na Open Campus.

O evento, realizado no Passeio das Águas Shopping, teve como parceiros o Governo de Goiás, Fapeg, Sebrae e Sistemas Faeg Senar.  Foram, ao todo, mais de  350 horas de atividades, 265 palestras e 108 workshops.

Continue Lendo

Cidades

Miss Goiás Universo 2020 será escolhida nesta sexta-feira, 29

Publicado

em

Por

O Miss Goiás Universo 2020 escolherá sua representante nesta sexta-feira (29/11), às 20h, no espaço de eventos do Restaurante Árabe, em Goiânia. O evento, sob a direção da empresária Fátima Abranches desde 2003, tem a missão de escolher dentre as dezesseis concorrentes a representar Goiás no Miss Brasil do próximo ano.

O concurso será para convidados e contará com a participação da atual Miss Goiás, Isadora Dantas, que se despede de seu reinado em noite de festa, após os tradicionais desfiles com trajes  de banho e de gala.Veja as concorrentes: 

Claudia Fernandes (Miss Acreúna), 25 anos, advogada

Samara Ferreira Domingos(Miss Anápolis), 20 anos, estudante de Estética

Lorena Souza (Miss Anicuns), 23, advogada

Cassia Natany (Miss Aparecida de Goiânia), 22 anos, estudante de Direito

Sara Gabriela de Paula Prado (Miss Caçu), 23 anos, jornalista

Lorena Gomes Monteiro (Miss Campinaçu), 23 anos, pedagoga e cientista contábil

Lorena Campos Rodrigues (Miss Goianápolis), 19 anos, estudante pré-vestibular

Talyta Pereira Mesquita (Miss Goiânia), 22 anos, estudante de Direito

Phabline Pereira (Miss Goianira), 25 anos, estudante de Direito

Vitória Morais (Miss Jataí), 19 anos, estudante de Medicina Veterinária)

Vitorya Mariano (Miss Palmeiras de Goiás), 18 anos, estudante de Biomedicina

Amanda da Conceição Rodrigues (Miss Quirinópolis), 24 anos, Estudante de Nutrição e Agronegócio

Evilin Vanessa Lenz (Miss Rio Verde), 24 anos, agricultora

Eduarda Ferreira Faria (Miss Santa Helena de Goiás), 21 anos, estudante de Medicina Veterinária

Izadora Barreto (Miss São Miguel do Araguaia), 18 anos, estudante de Direito

Isadora Ribeiro (Miss Uruaçu), 18 anos, estudante de Engenharia Civil

O Concurso Miss Brasil acontece desde o ano de 1954, quando Martha Rocha foi eleita a mais bela brasileira e garantiu ao nosso país o segundo lugar no Miss Universo. A atual Miss Brasil, a mineira Julia Horta, será a representante do nosso país no Miss Universo desse ano, com data marcada para o dia 8 de dezembro, em Atlanta, Estados Unidos. O evento será transmitido no Brasil pelos canais Band e TNT. 

Continue Lendo

Cultura

Coro Sinfônico de Goiânia apresenta Concerto Natalino com entrada gratuita

Publicado

em

Por

Goiânia – Será realizada hoje (25) em Goiânia a primeira apresentação do Concerto Natalino realizado pelo Coro Sinfônico. O evento será às 19h30, no Teatro Asklépios. Também haverá apresentação do concerto dia 27 de novembro, às 20h, na Paróquia Menino Jesus. As duas apresentações têm entrada gratuita.

O concerto acontece sob a regência da Maestrina Katarine Araújo e, ao piano, Fábio Leite. O repertório contempla desde canções tradicionais de Natal além de obras como o “Laudate Dominum”, de Mozart, que terá como solista a soprano Patrícia Melo; o “Sanctus”, da Missa de Santa Cecília, de Gnoud, que será interpretado pelo tenor Michel Silveira; o “Panis Angelicus”, de César Frank, interpretado pela mezzo-soprano Priscila Coelho; e “Cantique de Noel”, de Adolphe Charles, interpretado pelo tenor Félix Bauer. O concerto terá também duas obras do compositor goiano Fernando Cupertino, compostas para coro e piano.

Coro Sinfônico de Goiânia
Fundado em outubro de 1999, o Coro Sinfônico de Goiânia é resultado da fusão do antigo Coro Municipal com a Camerata Vocal de Goiânia. O Coro faz parte da Orquestra Sinfônica de Goiânia; sua fundação e manutenção é uma iniciativa da Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Cultura.

Formado por cantores profissionais, o repertório contempla desde obras corais a cappella às grandes obras corais-sinfônicas, buscando sempre valorizar a literatura coral brasileira, ao lado do repertório internacional. Seu trabalho consiste em difundir e socializar a música pela capital goiana, com intenso trabalho nos teatros, igrejas, escolas e periferias da cidade.

Continue Lendo

Em Alta