Conecte-se

Cidades

Santa Casa de Anápolis suspende os atendimentos de Urgência e Emergência por déficit de mais de R$ 2 milhões

Publicado

em

A partir desta terça-feira (14.Mai) a Santa Casa de Anápolis suspende os atendimentos de Urgência e Emergência da unidade. A equipe da Fundação de Assistência Social (Fasa), responsável pela administração do hospital, afirmou que sem o repasse do Governo de Goiás não é possível continuar e só voltarão caso recebam o retroativo de cerca de R$ 2 milhões.

O Padre Clayton Bérgamo , provedor da Santa Casa explica que o hospital tentou manter o andamento das atividades até as últimas consequências, mas no momento atual a unidade não tem mais recursos para oferecer atendimento à população.

Segundo os diretores, mesmo com o fundo municipal de R$ 600 mil destinados para a UTI Pediátrica, a situação financeira da Santa Casa passa por um momento crítico. Para preservar os mais de 200 pacientes que já estão internados, a unidade optou por suspender os atendimentos de emergência, com exceção de gestantes e pacientes oncológicos.  

A instituição está há quatro meses sem receber o repasse do governo de cerca de R$ 429 mil ao mês, verba que é essencial para a reposição de insumos hospitalares e o funcionamento dos serviços.

Desde o início do ano, a Fasa tenta negociar com o estado, afirmando a importância desses recursos para o funcionamento da unidade, mas a transição de governo dificultou a situação. Embora o atual governador Ronaldo Caiado demonstre ser positivo na sua intenção de renovar o convênio para que haja o repasse da verba necessária, a instituição ainda não obteve nenhum retorno.

Renovação de contrato

O prefeito Roberto Naves esteve com o governador na última segunda-feira (13. Mai), na tentativa de renovar o contrato para que a Santa Casa de Misericórdia volte a receber o recurso mensal de aproximadamente R$ 400 mil, mas não retroativo. A expectativa é que a renovação aconteça durante esta semana.

Entretanto, segundo o Padre Clayton Bérgamo a unidade já trabalha com um déficit de mais de R$ 500 mil mensal, além dos quatro meses sem o repasse dos fundos do estado que prejudicou toda a estrutura do hospital.

“Se falarmos assim, assinamos o contrato e o dinheiro chega amanhã ainda não é o suficiente para que possamos retornar com os trabalhos normais. Por que a falta desses quase R$ 2 milhões impactou o hospital inteiro, portanto, enquanto não tapar esse vácuo nós não conseguimos retomar a caminhada”, disse.

Anúncio
Clique para Comentar

Deixe seu comentário

Cidades

Avião com 500 kg de cocaína é interceptado e apreendido em Quirinópolis

Publicado

em

Por

Um avião com aproximadamente 500 kg de cocaína foi interceptado e apreendido no início da manhã desta quinta-feira (16), em Quirinópolis, região Sudoeste do Estado. Na ação conjunta entre a Polícia Militar (PM), Polícia Federal (PF) e Força Aérea Brasileira (FAB), duas pessoas foram detidas e outras três morreram durante confronto com os agentes. Os suspeitos, a droga e armas usadas pelos criminosos foram encaminhados à sede da PF em Goiânia. Os nomes dos envolvidos não foram divulgados pois as investigações ainda estão em andamento.

Segundo registros da PM, o avião pousou em em uma pista clandestina em Quirinópolis para descarregar a droga. Ao serem abordados, os suspeitos decolaram novamente. A aeronave foi interceptada por caças da FAB e precisou fazer um pouso forçado na pista do aeroporto da cidade vizinha, Rio Verde. No local, o piloto e copiloto foram presos.

Nesse instante, o grupo de agentes e militares se dividiu em dois: um para lidar com a fuga e outro para deter suspeitos que aguardavam a chegada dos entorpecentes, os quais deram início a um tiroteio. Três pessoas morreram.

De acordo com o Grupo de Radiopatrulha Aérea da PM (Graer), o avião teria saído da Bolívia, mas a corporação ainda não informou o trajeto exato percorrido pela aeronave conduzida pelos suspeitos.

Além do avião utilizado no tráfico, os policiais apreenderam armas, um carro e a carga de cocaína. Os suspeitos e os materiais foram encaminhados à sede da PF em Goiânia.

Continue Lendo

Cidades

PRF apreende cerca de 4 mil relógios irregulares dentro de carro na BR-153, em Uruaçu

Publicado

em

Por

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu cerca de 4 mil relógios irregulares na BR-153, em Uruaçu, região nordeste de Goiás. Segundo a corporação, a carga era estrangeira e não tinha a documentação necessária.

A abordagem foi feita na quarta-feira (15). As peças estavam no porta-malas de um Fiat Uno, conduzido por um idoso de 73 anos. Ele afirmou que adquiriu os produtos no Paraguai por R$ 25 mil e pretendia revendê-los em Marabá (PA).

De acordo com a PRF, os relógios foram adquiridos em outro país e não possuíam o que é chamado desembaraço aduaneiro, que é a liberação de sua entrada no Brasil pela alfândega após sua documentação ser verificada.

O idoso deve responder pelo crime descaminho. O veículo e a carga apreendidos foram encaminhados para a sede da Receita Federal, em Goiânia.

Continue Lendo

Cidades

PRF prende foragidos do Maranhão dentro de ônibus com trabalhadores rurais em Porangatu

Publicado

em

Por

Dois foragidos da Justiça do Estado do Maranhão foram presos, na noite desta quarta-feira (15), na BR-153, município de Porangatu, a 411 km de Goiânia. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os homens viajavam em ônibus separados que transportavam cerca de 98 trabalhadores rurais para uma plantação de cana-de-açúcar para o interior de São Paulo.

A detecção dos foragidos, segundo a PRF, se deu no momento em que veículos e passageiros eram fiscalizados. Os ônibus saíram do município de Penalva, no Maranhão, e tinham como destino São José do Rio Preto. Os foragidos foram detidos e encaminhados para a Central de Flagrantes de Porangatu.

Os fugitivos foram identificados como Oliveiros Gama, de 50 anos, e César Machado, de 33 anos. O mais velho, inclusive com extensa ficha criminal, é acusado de chefiar uma associação criminosa e já responde por homicídio, tráfico e assalto a mão armada.

Continue Lendo

Em Alta