Conecte-se

Moda

Modelo Renata Guerra conta o caminho para conquistar uma carreira internacional

Publicado

em

Alta, magra, bonita. Características que são definidas à primeira vista quando se vê a modelo internacional, Renata Guerra, 21 anos. A morena de olhos azuis é Anapolina e tem ganhado os holofotes em todo o mundo. Para a equipe do A1minuto, ela fala sobre carreira, desafios, família, sonhos e o orgulho que ela tem da sua trajetória.

A1minuto: Como começou sua carreira de modelo?

Renata Guerra: Olá, Luana. Tudo bem? Olá, Anápolis. É um prazer estar aqui. Muito obrigada pelo convite. Fui muito feliz. Então, eu comecei aqui em Anápolis, com o Raffa da Bymodel. Comecei toda a minha desenvoltura. Comecei com o Miss Anápolis, fui Miss Goiás, era pra ter participado do Miss Brasil e surgiu o Menina Fantástico. Pensei: “Vou ter que abrir mão de um dos dois”. Como eu estava no começo, conversando com os meus pais que sempre me apoiaram muito resolvemos que o Menina Fantástico iria me dar mais visibilidade por ser também envolvido com tv e tal.

E aí eu falei assim: “É isso que eu quero”! Mesmo estudando ainda, eu estava no segundo ano do ensino médio, estudando sempre e pensando em fazer faculdade de odontologia que ainda sonho muito com isso. Falei assim: “Vou me jogar”. Porque quando eu entro em alguma coisa para fazer, eu sou determinada. Eu vou até o fim. E foi assim. Comecei aos 16, participei do Menina Fantástica. Fui muito feliz. Não cheguei a ir para a casa da Menina Fantástica, mas eu evolui muito, foi uma experiência incrível. Conheci pessoas incríveis do mundo da moda mesmo. Até então eu só tinha participado do miss, tinha conhecido o mundo aqui em Goiás.

Foi uma experiência incrível. Logo após o Menina Fantástico eu conheci tanta gente. Todo mundo aqui em Anápolis falava “Renata Guerra”. Fui muito bem acolhida e conheci minha agência mãe.

Fui com minha mãe conhecê-la lá em São Paulo. Em 2014, eu terminei o terceiro ano, fui para a Europa, fui para Londres. Um lugar que eu nunca imaginei conhecer.

Completei 18, depois de ter ido para a minha primeira viagem á Londres, nunca mais parei.

A1minuto: Como foi esse processo de Anápolis, Goiás, Europa?

Renata Guerra: Eu tive uma experiência de uma semana em São Paulo. Pensei: “Nossa! Se aqui em São Paulo é assim imagina lá fora”.

Fiquei um pouco assustada. Eu não falava inglês, nunca fiz curso. Mas graças a Deus hoje eu falo fluente, mas por méritos meus.

Quando eu cheguei, na primeira semana eu ligava para os meus pais e falava: “Eu vou voltar. Não estou conseguindo, estou sentindo falta de casa. Aqui não é aconchegante quanto aí”.

Mas eu fui me acostumando. É o que eu quero. Eu sempre falei que sou determinada, eu vou até o fim. Dei minha cara a tapa, fui aprendendo inglês, assistia séries em inglês, músicas em inglês e fui me comunicando mais com as meninas da minha agência também. Fui evoluindo.

Eu fico muito feliz com essa evolução porque as experiências e também as dificuldades fazem a gente crescer.

A1minuto: O papel da sua família nisso tudo?

Renata Guerra: Muito importante. Acho que, fico até emocionada de falar, o papai e a mamãe eles deram o sangue. Mesmo pensando assim: Acho que agora não é o momento de fazer isso. Porque eu tenho dois irmãos. Não é uma coisa que sou filha única e a gente é uma família de classe alta.

O papai e a mamãe sempre mostravam para mim a realidade e eu sempre fui muito compreensiva. Fomos juntos de mãos dadas até onde nós achamos que dava e eles investiram muito em mim e hoje a gente olha e fala: “Renata, valeu muito a pena”. Porque nada foi em vão. Todo o investimento que a gente teve, a gente fez de coração e a gente está vendo o retorno. Isso é muito gratificante. Eles são essenciais, eles são tudo pra mim.

Eu abro e abriria mão de muita coisa sem pestanejar porque eles são tudo que eu tenho. Se eles me apoiaram desde o começo, se um dia eles precisarem de mim aqui para apoiá-los, eu estarei.

A1minuto: O que é preciso para ter a carreira de moda bem sucedida, e mudando tanto? O que você precisa ser e ter?

Renata Guerra: Primeiramente Deus. Porque eu não sei as outras meninas que entram nesse meio, mas pra mim, se Deus não tiver na frente pra mim nada acontece. Família, amigos, muito foco e determinação. Se você não tiver foco e determinação infelizmente você vai se perder nesse caminho porque você sabe que a oferta do mundo, ainda mais esse… Eu não posso ser hipócrita e te falar que é um mundo limpo, que não é.

Infelizmente tem muita coisa suja. Se você aceitar querer dar um passo mais longo e rápido, chegar mais à frente do que outras, você realmente tem a oportunidade. Às vezes eu falo pra minha mãe: “Eu estou paciente”. Porque eu não quero chegar rapidão, pra cair de uma vez.

Chegar rápido de uma forma que não é limpa. De uma forma que não está me fazendo bem, de uma forma que não está agradando aos meus princípios. Isso também, não esquecer suas raízes, seus princípios.

Se o mundo da moda te virar as costas, você olhar e nem seus pais estiverem lá porque você. Você vai fazer o que?

Ninguém é feliz sozinho. Então você precisa ter uma base. Você precisa lembrar dos seus princípios, dos seus valores. Eu sempre volto pra cá e morro de orgulho de Anápolis. Eu amo representar Anápolis. Pensar que todo mundo fala: “Nossa! A Renata está em Anápolis”.

Eu amo poder contar um pouquinho da minha história, porque é uma história de muita luta. Eu ainda não cheguei aonde eu quero chegar, mas vou seguir o caminho certinho e com certeza vocês vão fazer uma entrevista comigo depois do Victoria´s Secret (risos).

A1minuto: Falando dos desfiles, da moda, o que essa região Centro-Oeste precisa para que seja realmente reconhecida como um berço de beleza como a sua?

Renata Guerra: Tem muitas meninas bonitas, muitas marcas legais, muitos investidores legais. Não estou falando que eles estão perdendo tempo, mas acho que eles estão inseguros. Em relação a: “E se eu investir nisso e não der certo”. Vem a questão das blogueiras, é tudo muito inseguro. Até a questão da mídia também. Hoje em dia é bem difícil porque tem concorrência de mídia, atrizes, blogueiras. Até pra gente: modelo.

Você pensa que não tem muitos seguidores, acha que não vai conseguir o trabalho. É insegurança. Então tem muita marca incrível aqui em Goiás, beleza goiana é maravilhosa. Na época do miss eu pesquisei muito porque temos o traje típico. Tem tanta coisa interessante: Pirenópolis, aqui em Anápolis, para a gente mostrar sobre a cidade. É isso mesmo. O termo certo é segurança, para fazer que nem eu, se jogar no mundo.

A1minuto: Quais as dicas para quem quer seguir essa carreira?

Anúncio
Clique para Comentar

Deixe seu comentário

Moda

Empresários de Anápolis participam da programação da São Paulo Fashion Week

Publicado

em

Anápolis está no cenário da moda! Sete empresários de Anápolis embarcaram para a São Paulo Fashion Week que começa nesta terça-feira (23.Abr) e vai até 27 de abril. A ação promovida pelo Sebrae tem o objetivo de apoiar os investimentos no segmento em todo o Estado.

Além de Anápolis, participam ao todo 14 empresários da área de moda de Goiás: três de Goiânia, dois de Silvânia, e um de Vianópolis.

A empresária Michelle Garcez participa pela segunda vez da Missão Fashion do Sebrae e lembra como a experiência ajuda no dia a dia dos negócios.

“Não são só os desfiles, mas as palestras nos ajudam a entender o que será tendência e também o comportamento do consumidor”, observa a empresária que destaca que a programação do SPFW desta edição irá mostrar as principais peças e cores da Primavera/Verão.

A programação divide os empresários de Anápolis em dois grupos que nos próximos dias poderão participar dos seguintes eventos:

Dia 1: 23/04 (grupo I) e 25/04 (grupo II)

14h: Welcome SPFW_N47 

Equipe InMod / Equipe Sebrae

Entrega do kit de participação, com convite de desfile

15h: Momento Fashion Startups

Pitches de startups de moda selecionadas. Nome e perfil das empresas será divulgado posteriormente

16h: Palestra Microsoft

17h: Visita ao backstage da marca Lilly Sarti (23/04) / Handred (25/04)

18h: Palestra Usefashion

Palestra comentando os desfiles do dia, tendências de moda das últimas grandes semanas de moda, o que poderá ser visto nas ruas do Brasil e o que deve estar na previsão de compras do empresário.  

Dia 2: 24/04 (grupo I) e 26/04 (grupo II)

8:30 as 13h: Minicurso Moda em Transformação com Camila Yahn

História da moda: uma passagem pelos momentos mais relevantes da moda, compreendendo a importância de estilistas como Coco Chanel, Christian Dior e Yves Saint Laurent, até o dias atuais, de grandes conglomerados, fast fashion e a ascensão do acessório.

As transformações que estão criando o novo cenário da moda: quem são os estilistas e as marcas que estão transformando a indústria; de sustentabilidade e see now buy now à diversidade, quais os assuntos e as tendências de comportamento que têm pautado as mudanças recentes.

A revolução do digital e a época da incerteza: o que significa, quais são as mudanças que vieram com ela + dicas de como atualizar o seu negócio neste caminho.

Cultura de moda: uma amostra com vídeos de desfiles e fotos dos momentos mais icônicos da moda contemporânea.

15h: Pitches de apresentação de startups 

Pitches de startups de moda selecionadas. Nome e perfil das empresas será divulgado posteriormente

16h: MasterTech – Inovação, Tecnologia e Moda com Camila Achutti

Estereótipos estão em todas as áreas, e a moda e tecnologia são emblemáticas. A junção da Moda com a Tecnologia está em todos os lugares o tempo todo, as pessoas só não enxergam. Esse é o objetivo do Mais que Tech: mostrar esta convergência de mundos que já andam juntos antes mesmo da tecnológica estar na moda.

Nesse encontro, Camila Achutti, CEO da Mastertech, tem a missão de desmitificar perspectivas e conscientizar as pessoas, de forma democrática e inclusiva, sobre como a tecnologia e a moda bebem das mesmas fontes.

18h: Tema e Coleção: Caminhos de Inspiração com Jefferson de Assis

A escolha do tema de uma coleção de moda orienta o processo de criação. Cada estilista interpreta o tema de uma maneira. Mesmo que duas ou mais marcas usem o mesmo tema em uma estação, as propostas serão completamente distintas. 

Quando se elege uma temática, deve-se estudá-lo o máximo possível, tentar conhecer todos os detalhes para que a interpretação não seja superficial. Quanto mais se conhece, mais associações podem ser feitas e assim consegue-se criar produtos diferenciados.

Neste bate-papo, o estilista Jefferson de Assis analisa o tema de duas coleções vistas SPFWN47.

20h: Masterclass: Comunicação na Moda (a confirmar)

*Foto: Ilustrativa/Gettyimages

Continue Lendo

Moda

Tiago Oliveira e Fernanda Bispo são Mister e Miss Anápolis 2019

Publicado

em

O concurso realizado na terça-feira (5.Fev) na Villa Borghese reuniu amigos e familiares dos candidatos a mister e miss Anápolis CNB 2019. Os grandes vencedores da noite foram Fernanda Bispo e Tiago Oliveira.

A noite começou com a apresentação dos candidatos e o desfile com o traje de gala, depois com o traje moda praia. Os jurados escolhidos pela organização do evento, Armando Gadelha e Raffael Rodrigues, reuniram empresários de Anápolis, modelos internacionais e profissionais da beleza.

A partir deste momento, o Mister e Miss Anápolis 2019 começam os preparativos para a etapa estadual, que deve ser realizada ainda neste primeiro semestre.

Equipe do concurso Miss e Mister CNB Anápolis 2019 e os vencedores da noite
Continue Lendo

Moda

Concurso Miss e Mister Anápolis CNB 2019 acontece dia 5 de fevereiro

Publicado

em

O concurso Miss e Mister Anápolis CNB 2019 será realizado na terça-feira (5.Fev), no Villa Borghese, a partir das 20 horas. São mais de 40 candidatos da cidade que buscam se destacar nas provas para conquistar a faixa.

O organizador do evento, Armando Gadelha, adiantou que a festa será em grande estilo com a participação dos familiares dos candidatos que garantem um momento animado, com muita torcida para cada um que está na disputa.

Além dos jurados, os candidatos passam pela prova de fogo do grande público pelos perfis oficial do concurso. A foto mais curtida, oficial, ganha pontos e podem fazer a diferença no resultado final.

As votações são pelos perfis: Miss Anápolis Mundo e Mister Anápolis Mundo.

Os vencedores são acompanhados por um ano e representam “A beleza pelo bem”. Além dos compromissos profissionais, a miss e o mister se preparam para a etapa estadual de 2019, que ainda não tem data marcada.

Continue Lendo

Em Alta