Conecte-se

Emprego

Governo de Goiás abre seleção para contadores efetivos do Estado

Publicado

em

A Secretaria da Administração (Sead), abriu inscrições para processo seletivo interno para contadores efetivos. Ao todos são 63 funções gratificadas, sendo quase metade para a Secretaria da Economia, com valores que variam entre R$ 2 mil e R$ 7 mil. O extrato do edital n°003/2019 foi divulgado no Diário Oficial desta quarta-feira, dia 14, e o edital já está disponível no site da Escola de Governo ( Edital ).

São 26 Funções Comissionadas (FC) de assessoramento contábil e 37 cargos em unidades administrativas de assessorias contábeis. Os profissionais atuarão no órgão central de contabilidade da Secretaria de Economia de Goiás e em outros órgãos e entidades do Executivo Estadual. Os cargos são exclusivos para contadores servidores efetivos no Estado.

As inscrições serão abertas a partir do dia 20, terça-feira, e encerradas no dia 3 de setembro, exclusivamente via internet, no site da Escola de Governo. Não haverá cobrança de taxa de inscrição. O candidato passará por três etapas de seleção: inscrição, prova objetiva e entrevista. O processo será realizado pela Sead, por meio da Escola de Governo. Informações sobre o cronograma e outros detalhes já estão disponíveis no site oficial.

Conforme a divulgação, o valor da FC de assessoramento contábil é de R$ 3.000,00 para a FCAC-1, e de R$ 2.000,00 para a FCAC-2. Já os profissionais selecionados para atuar nas unidades de assessorias contábeis terão remuneração correspondente a R$ 7.000,00 para cargos DAI-2, e de R$ 4.500,00 para a DAI-3.

Anúncio
Clique para Comentar

Deixe seu comentário

Emprego

Crea-GO abre concurso público com 38 vagas e salários que chegam a R$ 8 mil

Publicado

em

Por

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Goiás (Crea-GO) abriu inscrições para concurso público para preenchimento de 38 vagas na instituição. O concurso visa ao provimento de vagas e formação de cadastro de reserva no quadro de pessoal do Crea-GO para cargos de níveis médio e superior. Os salários variam entre R$ 2.160,21 e R$ 8.514,45, mais benefícios como auxílio alimentação, plano de saúde e vale transporte. Clique aqui e confira o edital
As vagas de nível médio são para ASSISTENTE ADMINISTRATIVO REGIÃO 1: Anápolis, Aparecida de Goiânia, Goiânia, Palmeiras de GoiásREGIÃO 2: Águas Lindas de Goiás, Cristalina, Formosa, LuziâniaREGIÃO 3: Minaçu, Porangatu, UruaçuREGIÃO 4:  Aragarças, Ceres, Goianésia, GoiásREGIÃO 5: Iporá, Jataí, Mineiros, Quirinópolis, Rio Verde, Santa HelenaREGIÃO 6: Caldas Novas, Catalão, Goiatuba, Ipameri, Itumbiara, Morrinhos, Pires do RioREGIÃO 7: Campos Belos AGENTE DE FISCALIZAÇÃO: Goiânia Já os cargos de nível superior são para: ANALISTA DE ÁREA: GoiâniaANALISTA DE ÁREA – ADVOGADO: GoiâniaANALISTA DE ÁREA – CONTADOR: GoiâniaANALISTA DE ÁREA – T.I.: GoiâniaANALISTA DE FISCALIZAÇÃO – ENGENHEIRO AGRÔNOMO: GoiâniaANALISTA DE FISCALIZAÇÃO – ENGENHEIRO ELETRICISTA: GoiâniaANALISTA DE FISCALIZAÇÃO – ENGENHEIRO MECÂNICO: Goiânia O período de inscrições vai até às 23 horas e 59 minutos do próximo dia 9 de setembro de 2019. Serão admitidas inscrições exclusivamente pela internet, no endereço eletrônico. Os valores da taxa variam entre R$ 60,00 (para cargos de nível médio) e R$110,00 (para cargos de nível superior). 

De acordo com o edital, as provas devem ocorrer em 29 de setembro de 2019 (domingo), no período da tarde, em Goiânia e no interior. Os locais de aplicação serão divulgados no endereço eletrônicowww.quadrix.org.br e no Diário Oficial da União (DOU) no dia 24 de setembro de 2019 (terça-feira). 

Continue Lendo

Cidades

ANPT pede suspensão de lei que autoriza produção de amianto em GO

Publicado

em

Por

A Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT) entrou hoje (22) com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para suspender uma lei de Goiás que autorizou a produção de amianto para exportação. A norma foi aprovada pelo legislativo local e sancionada pelo governador Ronaldo Caiado, no mês passado.

Na ação, a associação sustenta que a lei deve ser suspensa por contrariar a decisão do Supremo, que proibiu, em 2017, a produção e distribuição do amianto no Brasil. De acordo com a entidade, o texto questionado reativou a autorização para a produção do amianto.

“Não obstante, no âmbito do estado de Goiás foi editada a Lei nº 20.514, de 16 de julho de 2019, que, como visto, buscou assegurar a continuidade da extração do amianto crisotila no município de Minaçu-GO até a extinção da referida lavra, em nítido desrespeito à decisão proferida por esse Excelso Supremo Tribunal Federal nos sobreditos precedentes e em evidente violação de uma série de dispositivos constitucionais da República”, argumenta a ANPR.

Devido ao período de recesso no STF, o caso foi remetido ao presidente da Corte, ministro Dias Toffoli, que deve analisar a questão.

Continue Lendo

Emprego

Inscrições para analista censitário do IBGE vão até terça (23)

Publicado

em

Por

Estão abertas as inscrições para o processo seletivo da Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). São 400 vagas para emprego temporário em diversas áreas de conhecimento na função de Analista Censitário.

A remuneração mensal é de R$ 4.200,00. Os candidatos devem ter concluído o ensino superior. As inscrições podem ser feitas até as 23h59 do dia 23 de julho. A taxa é de R$ 64.

Confira o edital.
 A jornada de trabalho é de 40 horas semanais, sendo 8 horas diárias.Os contratados terão direito a auxílio-alimentação, transporte e pré-escolar, assim como férias e 13º salário proporcionais.

O período máximo da contratação é de 12 meses e os contratos terão vigência de 30 dias, podendo ser sucessivamente prorrogados por igual período, de acordo com a necessidade do trabalho e/ou disponibilidade de recursos orçamentários.

O desempenho dos contratados será avaliado mensalmente. O analista censitário desenvolve atividades relativas às etapas de desenvolvimento e apuração dos dados das operações censitárias; atividades de infraestrutura das operações censitárias e atividades de disseminação dos dados das operações censitárias.

As oportunidades estão distribuídas em 20 áreas de conhecimento e em todas as unidades da Federação, sendo a maioria para o Rio de Janeiro, sede do IBGE – veja aqui a distribuição de vagas. A aplicação das provas está prevista para 1º de setembro e os aprovados devem ser convocados a partir do dia 27 do mesmo mês.

Serão 60 questões objetivas em língua portuguesa, conhecimentos específicos e raciocínio lógico. As provas dos candidatos da área de conhecimento de métodos quantitativos não terão questões de raciocínio lógico.

Continue Lendo

Em Alta