Conecte-se

Cultura

Brasileiro recebe prêmio de Melhor Instrumentista de Cordas na Suíça

Publicado

em

O violista Natanael Ferreira, ex-aluno do Itego em Artes Basileu França, recebeu, no último dia 25 de junho, em Genebra, na Suíça, o prêmio de Melhor Instrumentista de Cordas em Mestrado Solista do ano.

O músico faz parte de um grupo de jovens talentos brasileiros que se apresentaram, nos dias 29 e 30 de junho deste ano, na festa anual da Música de Genebra, com um repertório de músicas de compositores como Heitor Villa-Lobos, Pixinguinha, Ary Barroso, Tom Jobim, Zequinha de Abreu e César Guerreiro Peixe. O concerto encantou o público com a música popular brasileira, abrangendo do clássico ao popular. 

Estiveram presentes na cerimônia de entrega do prêmio a embaixadora do Brasil em Genebra, Susan Kleebank; o ministro de Ciências e Tecnologia do governo brasileiro, Marcos Pontes – dentre outras autoridades. 

“Foi muito gratificante receber esse prêmio internacional, pois construí uma carreira desde que comecei a estudar no Basileu França – e também em Anápolis, onde nasci. Essa é uma premiação de grande porte para a carreira de um músico. É uma forma de reconhecimento, e serve também para avaliar os meus resultados enquanto artista. Sou muito dedicado aos concertos e às turnês em que toco, e nem sempre tenho tempo para refletir sobre meu trabalho como um todo. Receber um prêmio como esse, reconhecido em toda a Europa, me deixa extremamente feliz. Agradeço aos meus familiares, amigos, professores, patrocinadores e, especialmente a Deus, que sempre me ajudaram muito. Receber o prêmio do ano de Melhor Instrumentista de Cordas de Genebra é, sem sombra de dúvida, um grande marco na minha carreira”, afirma o músico brasileiro, que já ganhou outros prêmios na Suíça e na França. 

Carreira do jovem músico 

Natanael Ferreira começou seus estudos musicais, tocando piano, aos 9 anos de idade. Aos 12, optou pela viola com o incentivo do tio, o maestro Eliseu Ferreira. O músico fez parte da Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás (OSJG) e da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp). Ele também participou de vários festivais nacionais e internacionais de música.

Atualmente, o violista Natanael Ferreira tem 24 anos e estuda na Escola de Altos Estudos de Música de Genebra (Hemge), na Suíça, onde terminou o bacharelado, e hoje cursa mestrado na especialidade Solista, na classe do professor Miguel da Silva. Além disso, ele é residente na Queen Elisabeth Music Chapel, em Bruxelas, na Bélgica, juntamente com os outros integrantes do Aurora Piano Quarteto – essa escola é considerada uma das melhores academias de música do mundo. 

O violista goiano realiza concertos como solista e músico de câmara, na Suíça e na França, destacando-se como um dos grandes jovens talentos brasileiros, segundo críticos musicais europeus. 

Anúncio
Clique para Comentar

Deixe seu comentário

Cultura

Festival Goiânia em Cena abre programação com noite de tango e teatro

Publicado

em

Por

Promovido pela prefeitura de Goiânia, o 17º Festival Internacional de Artes Cênicas Goiânia em Cena abre sua programação nesta quarta-feira (16/10), às 18h30, com a apresentação “TanGoiânia”, do grupo Tango Salão em Pauta, no Centro Municipal de Cultura Goiânia Ouro. Em seguida, às 19h, terá o espetáculo é “O Príncipe”, da Indelicada Cia. Teatral. Na mesma data, às 21h, acontece no Centro Cultural UFG, o espetáculo “Cru”, do Grupo Ateliê do Gesto.

O Festival, que está na programação especial do aniversário de 86 anos de Goiânia, prevê apresentações em vários locais da cidade até o dia 24 de outubro. Serão nove dias de espetáculos cênicos de produção local, nacional e internacional apresentados em diversos locais da cidade, além de oficinas, rodas de conversas e performances. Quem quiser participar da programação, basta trocar um livro literário por um ingresso no Goiânia Ouro, ou no local do espetáculo com uma hora de antecedência.

Confira a programação completa do Goiânia em Cena:

Dia 16/10 – quarta-feira

18h30 – Centro Municipal de Cultura Goiânia Ouro (Café Cultura)

TanGoiânia – cenas curtas de tango pela cidade

Tango Salão em Pauta (GO)

Dança, 12 min., livre

19h – Centro Municipal de Cultura Goiânia Ouro

O Príncipe

Indelicada Cia. Teatral (GO)

Teatro, 45 min., Livre

21h – Centro Cultural UFG

Cru

Grupo Ateliê do Gesto (GO)

Dança, 50 min., 14 anos

Dia 17/10 – quinta-feira

19h – Centro Cultural UFG

Gato negro

Cia. De Teatro NU Escuro (GO)

Teatro, 50 min., 15 anos

21h – Centro Municipal de Cultura Goiânia Ouro

Prego na testa

Parlapatões (SP)

Teatro/Comédia, 80min, 14 anos

Dia 18/10 – Sexta-feira

17h30 – Rua Setor Pedro Ludovico

Donde estão as estrelas

Grupo Teatro que roda (GO)

Teatro de Rua, 50 min. Livre

19h – Centro Municipal de Cultura Goiânia Ouro

Jogo da verdade

Grupo de Teatro Guará (GO)

Teatro, 30min., Livre

21h – Teatro Goiânia

Estou sem silêncio

Quasar Cia. De Dança (GO)

Dança, 55 min., 10 anos

Dia 19/10 – Sábado

16h30 – Parque Flamboyant

Oração ao tempo

Modernidades (GO)

Dança, 13 min., livre

17h – Parque Flamboyant

Astrolábio, acima do horizonte

Circo Pirata Show (SC)

Teatro de Rua, 55 min., Livre

19h – Centro Municipal de Cultura Goiânia Ouro

À sombra de Dom Quixote

Coletivo Miasombra (GO)

Teatro de Rua, 40 min., Livre

Ingresso: 20,00 inteira e 10,00 meia

21h – Teatro Goiânia

Predicativo do sujeito

Projeto Caixa de Memórias (GO)

Dança, 26 min., 10 anos

Dia 20/10 – Domingo

10h30 – Feira do Cerrado

No meio do caldeirão

Cia. Ju cata-histórias (GO)

Narração de histórias + música + cultura, 40 min., 6 anos

11h – Feira do Cerrado

Charanga dos palhaços

Asas do Picadeiro (GO)

Performance, 30 min. Livre

16h30 – Centro Cultural UFG

Defloorislava

Grupo Imagem (GO)

Teatro, 10 min. Livre

17h – Centro Cultural UFG

Tem um dragão aqui!

Casa 107 (GO)

Teatro, 45 min., 7 anos

19h30 – Rua em Frente o Teatro Goiânia

Jogo da Verdade

Zabeta Criações (GO)

Performance, 20 min., Livre

20h – Teatro Goiânia

A invenção do Nordeste

Grupo Carmin (RN)

Teatro, 40 min., 12 anos

Dia 21/10 – Segunda – Feira

19h – Teatro Goiânia

No fundo do poço

Grupo Arte e Fatos – PUC GO e Associação Cultural Casa de Nazaré (GO)

Teatro, 60 min., 14 anos

21h – Centro Cultural UFG

Josefina La Gallina, Puso Un Huevo Em La Cocina

Vaca 35 Teatro en Grupo (MEXICO)

Teatro, 45 min., 14 anos

Dia 22/10 – Terça – Feira

19h – Teatro Goiânia

Sr. Will

Giro8 Companhia de Dança(GO)

Dança, 50 min., Livre

20h – Centro Cultural UFG

Estilhaço

Anna Behatriz e Jeferson Leite(GO)

Dança, 30 min., 18 anos

21h – Centro Cultural UFG

Mundo cão

Federação de Teatro de Goiás FETEG (GO)

Teatro, 60 min., 18 anos

Dia 23 – Quarta – feira

10h30 – CAT – Centro de atendimento ao turista / Aeroporto Santa Genoveva

Mulheres são poesias

Narratividade (GO)

Performance, 30 min., livre

18h- Centro Cultural UFG

A noite dos assassinos

Máskara – Núcleo Transdisciplinar de Pesquisas em Teatro, Dança e Performance(GO)

Teatro, 120 min., 16 anos

21h – Teatro Goiânia

Barulho d’água

Companhia Nova de Teatro (SP)

Teatro, 60 min., 16 anos

22h – Federação de Teatro de Goiás – FETEG

Contemporânea

Laura Zé (GO)

Performance, 15 min. 14 anos

22h30 – Federação de Teatro de Goiás – FETEG

Festa Show

Animambembe (GO/SP)

Último Tipo

E Baile na Agulha

com DJ Kleuber Garcez (GO)

Ingressos: 5,00 preço único (a bilheteria se destina à FETEG)

Dia 24/10 – Quinta-Feira

14h – Centro Municipal Goiânia Ouro

Roda de Conversa com diretores, produtores e artistas

17h – Teatro Goiânia

O grande circo mágico

F2 Produções (GO)

Teatro/Circo, 60 min., Livre

Oficinas/workshop – Goiânia em Cena

Dia 17/10 – Quinta-feira

Aula-espetáculo

Ministrante: Hugo Possolo (Parlapatões)

Carga Horária: 2hs

14h30min às 16h30min – Teatro Goiânia Ouro

Publico alvo: Atores, diretores, estudantes de artes Cênicas e afins, acima de 18 anos.

Dias 19 e 20/10 – sábado e domingo

Dramaturgia e direção: Vivência escrita e atuação

Ministrante: Henrique Fontes

Carga Horária: 10hs

09h às 12h e 14h às 18h – Espaço da FETEG

Publico alvo: Atores, diretores, estudantes de artes Cênicas e afins, acima de 18 anos.

Dias 21, 22, 23/10 – Teatro Goiânia Ouro

Teatro e Performatividade

Ministrante: Lenerson Pdonini

Carga Horária: 20hs

Público alvo: Atores, diretores, estudantes de artes Cênicas e afins, acima de 18 anos.

Dias 21 e 22/10 – 09h às 12h e 14h às 18h

Dia 23/10 – 09h às 12h e 14h às 17h

Dias 21, 22, 23/10 – Oficina Cultural Geppetto

Criação e Máscaras com sucatas plásticas

Ministrante: Aline Chaves

Carga Horária: 12hs

Nº de vagas: 20

08 às 12h

Público alvo: Pessoas com idade igual ou acima de 15 anos. Estudantes e interessados em geral.

Para mais informações acesso o site oficinal: http://goianiaemcena.com.br/2019/

Serviço
Assunto: 17º Festival Internacional de Artes Cênicas Goiânia em Cena
Data: 16 a 24 de outubro
Contato: Assessoria de Comunicação – Secult (62) 99236-3820

Continue Lendo

Cultura

Festival Gastronômico da Serra da Mesa é neste fim de semana

Publicado

em

Por

O Josephina’s – Comida de Tradição vai ser realizado nesta sexta-feira (11.Out) , a partir das 18 horas, e no sábado (12.Out), no Centro Histórico de Niquelândia. O cardápio valoriza a produção dos municípios que integram a Região Turística do Vale da Serra da Mesa, respeita a história e os sabores seculares, e chega aliado a propostas inovadoras, dentro do programa Rotas Gastronômicas lançado pelo Governo de Goiás, através da Goiás Turismo.

O 1º Festival Gastronômico do Vale Serra da Mesa vai oferecer pratos com destaque para produtos regionais, como o Arroz Serra Negra e Casal Raiz, que levam pequi, queijo e tempero especial, além da Carne de Garimpeiro com Cuscuz, Pururuca de Senzala, Ceviche Serra da Mesa, Farofa do Muquém, Queijos Temperados, Abraçadinhos na Serra, Caldo com Pururuca de Tiras e Pamonha na Chapa com Lombo de Porco.

Quem gosta de doce também estará bem servido: Biscoito Fervido, Bolo de Cuia, Biscoito Pau a Pique e o Quebrador de Flor Josephina’s prometem agradar.

A festa vai ser no Casarão, que fica na Praça da Matriz, no Centro Histórico de Niquelândia. Minaçu, Padre Bernardo, Porangatu e Uruaçu, que ajudam a compor a Região Turística, fazem parte do Festival, assim como Mara Rosa, que participa tendo o açafrão como atração.

Os empresários de Niquelândia que vão servir suas especialidades durante essa grande festividade da culinária regional estão sendo incentivados a manter esses pratos no cardápio depois do evento, contribuindo para formatar a identidade da Rota Gastronômica.

Além de tanta comida gostosa, no primeio dia de evento vai ter Congada, Orquestra Lírios do Vale, Orquestra de Violões Sinfonia do Cerrado e shows com cantores locais. Na sexta-feira (11.Out), às 20h30, começam as apresentações com os artistas do Vale Serra da Mesa e às 22h30 tem a dupla sertaneja Ivon e Ivoney.

No sábado (12.Out), a festa se inicia cedo. De manhã tem Cenáculo com Maria e atividades na Igreja São José. Como o dia é das crianças, às 11h30 tem o Mini Chef, em parceria com as escolas. Às 12h30 tem música: pagode, sertanejo, raiz e popular.

No final da tarde, às 17 horas, vem as apresentações culturais do Vale e às 20h30 os artistas locais. Para fechar a festa da culinária da região, está agendado para as 21h30 o show Três Cantos com Pádua, Maria Eugênia e Tom Cris.

Rotas Gastronômicas regionalizadas – tripé

O Programa Rotas Gastronômicas reúne Sustentabilidade, Inclusão Social e Empreendedorismo. O objetivo é desenvolver a Gastronomia nos municípios goianos por meio da criação de rotas gastronômicas regionais, onde os visitantes terão a oportunidade de conhecer o potencial culinário das 10 Regiões Turísticas do Estado, movimentando a economia goiana. A regionalização é o foco e o grande diferencial do projeto. A partir dessa iniciativa inédita, os municípios terão apoio do Governo do Estado na identificação dos produtos e realização de festividades gastronômicas, atividades de roteirização e noções de economia para agregar valor ao produto existente na comunidade.

O Programa da Goiás Turismo, além disso, vai atuar no resgate de talentos, proporcionando o exercício da cidadania e melhoria de qualidade de vida da população. A preocupação com o Meio Ambiente também faz parte do Rotas Gastronômicas, que irá promover a qualificação sobre os potenciais nutricionais, culturais, econômicos, medicinais e ambientais dos alimentos da sociobiodiversidade, relacionando-os ao movimento da Gastronomia Regional, à Agricultura Familiar, Agroecologia, Economia Solidária e Educação Ambiental.

Continue Lendo

Cultura

Reforma do Teatro municipal de Anápolis é avaliada em cerca de R$ 1,1 milhão

Publicado

em

O Teatro Municipal de Anápolis começa a ser reformado nesta segunda-feira (9.Out). O anúncio foi feito no Hall do Centro Administrativo e contou com as presenças de agentes políticos, membros do Conselho Municipal de Cultura, imprensa e população em geral.

A secretária municipal de Cultura, Eva Cordeio, afirmou que o local terá uma nova estrutura, com previsão de entrega em sete meses.

O projeto conta com troca dos forros de gesso por fibra mineral, ar condicionado, carpete, iluminação e acústica, substituição de acentos por poltronas acolchoadas e retráteis, instalação de banheiros no primeiro piso, dentro dos padrões de acessibilidade, a elevação da última fileira para dar melhor visibilidade, e criação de duas saídas de emergência laterais.

O valor do investimento é de cerca de R$ 1,1 milhão oriundas do Ministérios do Turismo (R$ 780 mil) e Cidadania (R$ 371.819,34) por meio de verbas parlamentares, com contrapartida de R$ 67.724,43 do tesouro municipal.

A obra é um pedido da classe cultural na cidade que precisa do espaço público para mostrar diversas manifestações artísticas como, por exemplo, dança, teatro, e música.

Na ocasião, artistas e alunos da Escola de Teatro de Anápolis (ETA) comentaram a reforma da estrutura.

“A gente sabe o tanto que é importante esse espaço, não só para a formação dos nossos atores, mas para a educação cultural de Anápolis. Porque além dos espetáculos que se apresenta aqui no teatro, a gente também trata como um lugar de ensino, um laboratório para os nossos alunos”, ressaltou a coordenadora da ETA, Ilmara Damasceno.

Em junho do ano passado, a administração pública municipal já tinha informado que os projetos para a reforma tinham sido apresentados ao Governo Federal. São mais de 20 pedidos paralelos, dentro das normas dos bombeiros para colocar extintores de incêndio e pontos de acessibilidade.

Enquanto a reforma é feita, a Secretaria de Cultura fará parcerias com auditórios das escolas da cidade como, por exemplo, Senac, IFG, Sesc, e outros locais que ofereçam a estrutura necessária para as atividades da cidade.

O Teatro Municipal de Anápolis foi construído em 1985. A estrutura acomoda até 500 pessoas sentadas, e conta com palco, camarim, sala de som e banheiros.

Continue Lendo

Em Alta